Conheça agora a diferença entre dengue, zika e chikungunya

As três doenças são adquiridas através da picada do mosquito aedes aegypti, mais conhecido como mosquito da dengue. A única forma de evitar as três doenças é com o combate do mosquito, através da eliminação dos criadouros do mosquito em casa, no trabalho e nas áreas públicas, essa deve ser uma tarefa de todos.

Entenda a diferença entre dengue, zika e chikungunya

Dengue

Doença: Dentre as três a dengue é a mais conhecida no Brasil e  foi identificada pela primeira vez aqui em 1986. Existem quatro tipos diferentes do vírus causador da dengue (DEN-1, DEN-2, DEN-3 e DEN-4), que ocorre principalmente em áreas tropicais e subtropicais do mundo. As epidemias geralmente ocorrem no verão, durante ou imediatamente após períodos chuvosos.

Transmissão: O vírus da dengue é transmitido pela picada do mosquito aedes aegypti.

Sintomas: Dentre os sintomas da dengue estão febre alta, dor de cabeça, dor atrás dos olhos, perda de apetite, manchas e erupções na pele principalmente na região do tórax e membros superiores, náuseas e vômitos, tontura, extremo cansaço, moleza, dor no corpo, ossos, articulações e no abdômen.

Tratamento: A pessoa com sintomas da dengue deve procurar atendimento médico. As recomendações são ficar de repouso e ingerir bastante líquido. Não existem remédios contra a dengue.

Chikungunya

Doença: Os primeiros casos da doença no Brasil apareceram em setembro de 2014, antes disso já haviam sido detectados casos de pessoas que contraíram a virose fora do país. A origem do nome chikungunya é africana e significa “aqueles que se dobram”. É uma referência à postura dos doentes, que andam curvados por sentirem dores fortes nas articulações.

Transmissão: É transmitida pelos mosquitos aedes aegypti (presente em áreas urbanas) e aedes albopictus (presente em áreas rurais).

Sintomas: O sintoma mais característico da chikungunya é a dor incapacitante nas articulações, mas ela também pode vir acompanhada de febre, dor nas costas e na cabeça, erupções cutâneas, fadiga, náuseas, vômitos e dores musculares (mialgias).

Tratamento: Como no caso da dengue, não há tratamento específico. É preciso ficar de repouso e consumir bastante líquido.

Zika

Doença: A doença pode ter sido detectada na Bahia, mas ainda não está confirmada. A suspeita é de que ela tenha sido trazida para o Brasil durante a Copa do Mundo.

Transmissão: Mais uma vez, o aedes aegypti é o vilão da história. Mas o vírus também é transmitido pelo aedes albopictus e outros tipos de aedes.

Sintomas: Das três infecções, a por zika vírus é que apresenta os sintomas mais brandos, que incluem febre baixa, dor nas articulações, dor muscular, na cabeça e atrás dos olhos, conjuntivite, erupções cutâneas avermelhadas que podem coçar. Outros sintomas menos comuns são dor abdominal, diarreia, constipação e pequenas úlceras na mucosa oral.

Tratamento: Assim como nas outras viroses, o tratamento consiste em repouso, ingestão de líquidos e remédios com prescrição médica.

Em qualquer um dos casos ter uma boa alimentação fortalece o sistema imunológico e acelera a recuperação.

 

Fonte: mdsaude.com
Fonte: saude.ba.gov.br
Fonte: blog.saude.gov.br

 

Faça parte das nossas redes sociais, FacebookTwitterGoogle plus.

Comente e compartilhe nossas noticias sobre saúde e bem estrar  😉

Você já tem um Plano de Saúde?

Adquira o plano de Saúde Hapvida para sua família, garanta a saúde e bem-estar de quem você ama, eles merecem esse cuidado. Deixe seu nome e telefone que nós ligamos para você.

 




Tipo de plano


[bws_google_captcha]

Conheça agora a diferença entre dengue, zika e chikungunya
5 (100%) 3

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *